top of page

Itens decorativos cheios de bossa ajudam a criar ambientes repletos de personalidade



Pair Store @_pair apresenta, com exclusividade, o lançamento da coleção Ruedas, novidade da marca Le Fatagis, que traz o arquiteto Gustavo Neves e o visagista Iran Junior na direção criativa.

A coleção, com curadoria de Carla Ribeiro, founder da Pair, foi desenvolvida sob

medida para a marca que se dedica ao design autoral, com peças exclusivas e

atemporais. Mais de 30 obras, entre mobiliários e acessórios, tridimensionalizam o

sentido de forças de luz e sombra que integram a natureza de tudo que vive,

representadas por tons claros e escuros. Cristais negros e translúcidos, matéria-

prima predominante nas peças, e outros como a madeira maciça, algodão reciclado

e textura mineral se mesclam para compor mesas, em diferentes versões, e objetos,

como castiçais, vasos e potes.

 

A Coleção Poli, desenvolvida pela arquiteta e designer Camila Fix para a St. James @stjamesoficial, prioriza elementos como simplicidade e leveza, sendo composta por duas jarras, uma bandeja, uma champanheira, balde de gelo e um conjunto de bowls em dois tamanhos com proposta de uso variado.

Em todas as peças da linha a base é recuada o que proporciona uma sensação de que as peças estão flutuando. As bordas inclinadas em sentidos opostos, criam dinamismo aos produtos.

 










Versátil, o carrinho de Bar Dublin da Flexform @flexformbr é um móvel estiloso, atemporal e com design minimalista e contemporâneo. Possui estrutura metálica na cor cobre, tampo em MDF na cor castanho e rodinhas na cor preta que facilitam o deslocamento.





 

Objetos decorativos com pedras com curadoria da LS Selection @lsselection para a criação de ambientes com estilo e elegância.


 

Codex Home @codexhome lança a coleção “Moda Mundi”, em parceria com Franco Pellegrino, composta por almofadas inspiradas em grandes polos mundiais da moda como Milão, Paris e São Paulo.


 

Para a série Bichos da Serrinha, o escritório Plantar Ideias @plantarideias resgatou conceitos do mobiliário indígena tradicional brasileiro ao desenvolver - sob a curadoria do artista e idealizador do Festival de Arte Serrinha, Fabio Delduque - peças de design inspirados na fauna que habita o território de conservação ambiental, com remanescentes da Mata Atlântica. As aves como o Alma de Gato, o Saíra Sete Cores e o Tucano Mirim, deram origem a esculturas que podem pousar livremente sobre mesas, estantes e janelas. Já os mamíferos como o Lobo Guará, o Macaco Bugio e o Tamanduá Mirim, dão forma a bancos, mesas de apoio e luminárias.

Produzidos com metal e pintura eletrostática.




Fotos Divulgação

Por Janaína Silva (@janainass)


bottom of page