top of page

1º Prêmio do Salão de Gramado de Design e novidades em CASACOR

Acabamentos, mais jardins contemplativos e obras de arte


A comissão julgadora do 1º Prêmio do Salão de Gramado de Design, composta por Natasha Schlobach, Dimitri Locisk, Eleone Prestes, Leonardo Bueno e Bobby Krell (fotos – Leonidas Cardoso), e também Renata Maynart e Thaissa Wiezel, elegeu os produtos vencedores nas categorias: Design com tecnologia emprega à produção; Design com traços contemporâneos; Brasilidade aplicada ao design; Iluminação e objetos de design para casa; Design de impacto positivo e Talento em ascensão. Ao todo são 18 premiados, incluindo as menções honrosas, que serão anunciados no Palácio dos Festivais no dia 4 de junho, durante a 9ª edição do Salão de Gramado de 05 a 08 de junho, no pavilhão Serra Park, em Gramado, RS.

 



Praça do Polinizador, assinado pelo paisagista Luciano Zanardo é um grande living natural, emoldurado pela iluminação abundante das janelas do Conjunto Nacional, com obras de arte, móveis com suaves curvas, uma composição de plantas ornamentais e cores vibrantes que se fundem aos elementos naturais. As paredes receberam o tom Azul Pólen, desenvolvido exclusivamente pela Coral para o projeto. Fotos JP Image

 

Em sua Cozinha Funcional, o arquiteto Bruno Moraes evidenciou os traços de uma brasilidade tão marcante na nossa arquitetura por meio do uso do granito branco itaúnas (Botânico Mármores), dos pilares brutos, originais do Conjunto Nacional, mantidos em evidência e da simplicidade dos objetos artesanais. A marcenaria Celmar resgata o provençal revisitado com destaque para a cristaleira que recebe todo repertório de vinhos. Além disso, as imagens em tribos indígenas vivendo na natureza do fotógrafo Rogerio Fernandes compõem uma Gallery Wall. Foto: Guilherme Pucci

 

O The Bar Caracol, concebido pela arquiteta gaúcha Luciana Viganó, exala uma essência sofisticada, introspectiva e contemporânea por conta da arquitetura arrojada e materiais nobres, como o alumínio com pintura eletrostática colorida (Alpa Alumínio), que reveste as paredes do ambiente e o centro do bar, e a bancada de vidro translúcido (CorStone), tanto em seu entorno como na estrutura fixada no teto. Foto: André Mortatti

 

No living Alma Brasileira, da arquiteta Juliana Cascaes, o teto retroiluminado é um elemento arquitetônico criado para homenagear a história de São Paulo, inspirado a partir do prestigiado “piso paulista”, criado em 1966 pela artista plástica Mirthes dos Santos Pinto que se baseou no próprio mapa do estado.

 

Na Morada do Samba, de Marcelo Salum, as cores foram definidas a partir da escolha dos pisos. São três modelos diferentes, da Ceusa: Easy, (que traz as cores–três tonalidades de coral e três de verde), Retrô (um ladrilho decorado que remete às antigas fazendas); e Flakes, inspirado nos confetes típicos do carnaval. Em seguida, essas cores chegam às paredes, pintadas em degradê, em duas diferentes cartelas: o coral e o verde, que aparecem também no revestimento de algumas paredes, a partir de painéis com desenhos inspirados na cultura Ashanti, mais especificamente nas formas geométricas dos símbolos Adinkra-executados pela Duratex, com desenho do escritório Marcelo Salum-e aplicados em paredes pontuais, que emolduram algumas obras de arte.

 

A arquiteta Paola Ribeiro levou a bossa carioca para a Casa Essência Duratex, com 270m² e composto por living, cozinha, adega, quarto com banheiro e closet, home office, sala de jantar e varanda. As paredes de 5m de altura foram forradas com painel Duratex e com detalhes de boiserie .Na área do quarto, closet e banheiro, seguindo a presença forte do padrão Duratex Nogueira Flórida, Paola rebaixou o teto para trazer maior aconchego e privacidade para essa área. A cama foi desenhada pela própria arquiteta para o espaço.

O ambiente traz ainda outros padrões da marca, como o Calacata Gold da nova linha de padrões Duratex You, que foi utilizado na cozinha, assim como os padrões Bolero e Verde Floresta que foram aplicados no closet e na mesa de escritório, respectivamente.

A SCA é a responsável pela marcenaria do ambiente, além disso a casa Essência Duratex traz ainda aplicações de piso e parede do padrão SBE Nat da Coleção Maracangalha, assinada por Nildo José, lançamento da Portinari, além de aplicações da Coleção Sole SBE NAT na parede e a Coleção Venezia FWO HARD. As louças, metais e acessórios são Deca.

 

Deca e Sig Bergamin resgatam memórias afetivas sem deixar de olhar para o futuro no ambiente Ciclos Deca que apresenta em meio a biofilia brasileira composições que narram a evolução do banheiro e como a relação com este espaço tão íntimo das pessoas foi

alterando configurações e cores. De usos restritos a funcionalidade, ganharam protagonismo como locais de permanência e valorização do cuidado consigo e com o outro. Fotos Fran Parente.


Fotos Divulgação














bottom of page